DNJ é celebrado de forma remota e destaca o compromisso da juventude na sociedade

Com o tema “Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso”, o Setor Diocesano de Juventude realizou neste domingo, 25, o Dia Nacional da Juventude 2020 (DNJ). Este ano o evento foi on-line, devido as normas de prevenção ao Covid-19, e integrou as dioceses de Juiz de Fora e Leopoldina. Uma missa, na Catedral Basílica Nossa Senhora do Pilar, encerrou a programação.

O Dia Nacional da Juventude (DNJ) surgiu em 1985, durante o Ano Internacional da Juventude, promovido pela Organização das Nações Unidas. Estava evidente que a juventude precisava mobilizar-se e construir espaços de participação, para pensar e repensar uma nova sociedade.

Na Província de Juiz de Fora o evento teve início na quinta-feira com um tríduo preparatório. Cada live contou com momentos de espiritualidade, formação e entretenimento. A cada dia, bispos e padres conduziram reflexões específica. Musicas, teatros e até challenges desafiaram a criatividade em tempos de pandemia.

CLIQUE AQUI E VEJA NA ÍNTEGRA COMO FOI O DNJ 2020

O evento teve seu término com a Santa Missa, presidida pelo bispo diocesano e referencial da Juventude no Regional Leste 2, Dom José Eudes Campos do Nascimento, e concelebrada por diversos padres da região. A parte musical ficou por conta do coral dos seminaristas do Seminário São Tiago.

“Todos os anos a gente reúne uma multidão de jovens para celebrar o grande dia. Esse ano estamos de uma maneira diferente, através das mídias, mas não deixamos de celebrar. E que riqueza ver a expressão jovem de nossas dioceses, reunindo em oficinas e refletindo sobre o compromisso na vida da nossa sociedade, da igreja e da família. é bonito ver esses jovens que colaboram o anuncio da Boa Nova do Evangelho”, destacou Dom José Eudes durante a homilia.

Ao final da celebração houve a apresentação da cidade sede do próximo DNJ. O destino da garotada em 2021 será Resende Costa.

Fotos: Caroline Carvalho / Setor Diocesano de Juventude