Dom José Eudes fala sobre a importância de se trabalhar a juventude

Juventude, inteligência artificial e projetos missionários foram assuntos tratados pelos bispos do Brasil na Assembleia Geral da CNBB. São propostas conectadas para potencializar a evangelização em território nacional, sem deixar de lado tecnologia e inovação. A temática adquire relevância para o atual contexto, uma vez que as inteligências artificiais (IAs) configuram-se como um paradigma tecnológico em desenvolvimento, com potencial para gerar mudanças socioculturais significativas.

Pela manhã, durante a celebração da missa e Laudes no Santuário Nacional de Aparecida, o tema ‘Desafio e Luzes para a evangelização das juventudes’ foi o centro das preces. Evidenciar a tecnologia e não abordar a juventude é praticamente impossível. Sendo assim, Dom José Eudes Campos do Nascimento, Bispo da Diocese de São João del-Rei e Presidente da Comissão da Juventude do Regional Leste 2, falou sobre a necessidade de se trabalhar com relevância tal temática.

A 61ª Assembleia Geral da CNBB teve início no dia 10 de abril e se estende até sexta-feira, 19 de abril, no Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida.