Em comunhão com a CNBB, Diocese envia doações em ajuda aos pacientes com Covid-19 em Manaus

Após o agravamento dos efeitos da pandemia na cidade de Manaus/AM e em alguns municípios do interior, com aumento no número de infecções pelo novo coronavírus, recordes de internações nas UTI’s dos hospitais manauaras e a falta insumos nas unidades de saúde, como oxigênio, a Igreja no Brasil manifestou solidariedade ao povo do Amazonas por meio de pedidos de ajuda e de ações de socorro, em atos e preces.

Em mensagem de vídeo, divulgada em meados de janeiro, a arcebispo de Belo Horizonte/MG e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira de Azevedo, informou da intenção da entidade em colaborar para levar oxigênio aos hospitais de Manaus. O presidente da CNBB apelou ainda a líderes empresariais, empreendedores e políticos para que prestem seu auxílio aos irmãos e irmãs que sofrem nos hospitais oferecendo oxigênio, a vacinação e combatendo a especulação de quem quer lucrar com o sofrimento  e as perdas humanas.

Em solidariedade, a Diocese de São João del-Rei encaminhou 6 mil reais como apoio ao Regional Norte 1 que abrange os estados do Amazonas e Roraima. O dinheiro veio do repasse da Coleta do Bem, realizada no fim de 2020, unificando a Campanha da Fraternidade e a Coleta da Solidariedade. Diante disso, o bispo diocesano de São João del-Rei, Dom José Eudes Campos do Nascimento, ressalta que “o envio dessa ajuda a Manaus só foi possível devido a generosidade dos padres e do nosso povo que sempre participam com fé e alegria das campanhas propostas pela Igreja”.