Fé e emoção marcam encerramento do Jubileu de Matosinhos

Nesta terça-feira, 14, Festa da Exaltação da Santa Cruz, a Paróquia do Senhor Bom Jesus de Matosinhos celebrou mais uma vez a festa do padroeiro, novamente de forma atipicamente devido a pandemia do Corona vírus, mas sem perder o brilho do tradicional jubileu. A programação contou com diversos horários de missas, procissão motorizada pelas ruas do bairro e benção especial.

Na parte da tarde o bispo diocesano, Dom José Eudes Campos do Nascimento, presidiu a celebração solene que contou com a participação de diversos padres da diocese. O diácono Ademir Noel também se fez presente.

Durante a homilia, Dom Jose recordou as palavras do Papa Francisco  para a Festa da Exaltação da Santa Cruz. “‘Quando olhamos para a Cruz onde Jesus foi pregado, contemplamos o sinal do amor infinito de Deus para cada um de nós e a raiz da nossa salvação. Daquela Cruz vem a misericórdia do Pai que abraça o mundo inteiro’. Uma expressão belíssima do papa Francisco e eu digo, realmente, que abraça mesmo, sobretudo nos momentos mais difíceis. Não me refiro apenas nessa pandemia, mas também todo o cenário político que vamos enfrentando no nosso Brasil”.

O bispo ainda pontuou o significado de se fazer presente na festa. “Viemos encontrar hoje o Bom jesus, através da Palavra de Deus e da Eucaristia. Na cruz, Jesus deixa se encontrar  nos abraça com carinho. Experimentar o encontro com o Cristo, é se deixar tocar pela cruz”.

Após a missa foi dada início a 4ª procissão motorizada com a imagem do Senhor Bom Jesus de Matosinhos. O cortejo saiu às 17 horas e percorreu todas as comunidades da paróquia. A animação ficou por conta do pároco, padre José Bittar, do vigário paroquial, padre Thairo Guimarães, e do seminarista, Jeferson Coimbra.

A mobilização foi grande. Ruas enfeitadas, demonstrações de fé, aplausos, orações e lágrimas. Ao término da carreata, aconteceu a bênção do Santíssimo sacramento no exterior do Santuário.

Informações: Santuário de Matosinhos

Fotos: Fabíola Ribeiro, Cristiana Ambrósio e Cida Amorin (PASCOM SBJM)

26 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).