Festa em honra a São José fala sobre o laicato e deixa novenário repleto de fiéis

No Dia Internacional do Trabalho, milhares de brasileiros recorrem a São José Operário para fazer pedidos ou agradecimentos. Em São João del-Rei não é diferente. A Paróquia dedicada ao santo, no bairro Tijuco, já recebe um grande número de pessoas desde o dia 22 de abril, quando se deu início ao novenário em honra ao padroeiro. O ápice das comemorações será na terça-feira, dia 01º.

Segundo o pároco, padre Vinicius Campos, São José é um santo popular que se torna modelo para muitas pessoas o que justificaria o crescente número de devotos do pai adotivo de Jesus. “São José é aquele que trabalha com humildade permitindo a ação divina em sua vida. Oferece a Paróquia, aos cristãos e a todos os trabalhadores a importância de um trabalho honesto, que ajuda na realização da vontade de Deus e na construção da sociedade e da família cristã”, afirma.

Este ano a festa traz a temática “Aprendendo na carpintaria de São José, o serviço do laicato”, associando com o Ano Nacional do Laicato, proposto pela Igreja Católica no Brasil. “Ao meditar sobre o ano do laicato, encontramos em São José um discípulo que se doou completamente a Deus e a seu projeto. Um exemplo para todos os leigos de como servirem a Deus, pois, a vocação própria dos leigos consiste precisamente em procurar o Reino de Deus ocupando-se das realidades temporais e ordenando-as segundo Deus. Esperamos que a festa ajude os fiéis a serem, cada vez mais, discípulos que amam e realizam a vontade do Pai”, explica o sacerdote.

A programação segue de costume, até a segunda-feira, com oração do terço e benção do Santíssimo Sacramento ás 6h30. Já os horários de missas são ás 7h e 19h, seguida de novena. Neste sábado, dia 28, às 15h, será presidida uma missa especial para enfermos e idosos.

Já no domingo, 29, a programação conta também com a tradicional corrida de São José Operário com a largada às 9h15.

No dia 1º de maio, dedicado ao padroeiro, na matriz de São José, serão celebradas missas às 8h, 10h, 14h e às 16h. Após a última missa, saída da procissão com a venerada imagem de São José Operario pelas ruas do bairro do Tijuco e na chegada, Te Deum laudamus e benção do Santíssimo Sacramento.