Forania Sant’Ana realiza Vigília de Pentecostes e destaca a presença jovem na Igreja

A Forania Sant’Ana juntamente com o Setor Juventude realizou no último sábado, 27, na Paróquia São Judas Tadeu, em Lavras, o evento “Ruah” (que significa sopro), em celebração da vinda do Espírito Santo sobre os Apóstolos. Com o tema “Corações Ardentes, Pés a Caminho!”, tirado do livro de Lc 24, 32-34, o momento proporcionou uma oportunidade única de reflexão, crescimento espiritual e fortalecimento da fé.

Durante a Missa e Vigília, os participantes foram convidados a colocar seus corações em chamas, despertando um amor fervoroso por Deus e pelos outros. A missa e a Vigília de Pentecostes incentivaram os jovens a se comprometerem com um caminho de discipulado, colocando em prática os ensinamentos de Jesus Cristo em suas vidas diárias.

“Esse evento certamente contribuiu para fortalecer a união entre os jovens da Forania de Sant’Ana, criando um ambiente de comunhão e amizade. O Ruah 2023 deixou uma marca profunda nos corações dos participantes, renovando-os e os incentivando a serem agentes de transformação em suas comunidades. Além disso, o Ruah 2023 também enfatizou a importância de estar em movimento, de seguir adiante com coragem e determinação. Os pés a caminho representam a disposição dos jovens em trilhar um percurso de serviço, solidariedade e evangelização, levando a mensagem de Cristo ao mundo. Que esse encontro continue a ser uma fonte de inspiração e motivação para os jovens, impulsionando-os a viver uma vida de fé vibrante e comprometida com o amor de Deus e o serviço ao próximo”, pontua o sacerdote dehoniano, Padre Bruno Garcia André, scj.

Para quem participou, um saldo muito positivo. “Esse foi o 2° Ruah que participei e, tanto quanto o 1° (no ano passado), senti que foi uma forte experiência. Porém, nesse Ruah 2023, tive uma experiência singular. Nas últimas semanas, estava passando por momentos conturbados no meu ser interior e eu carecia do preenchimento de um vazio. Me questionava se se tratava de uma provação vinda de Deus ou se o demônio estava ganhando a minha alma. Eu me sentia solitário, e uma solidão ruim. Mas o Espírito Santo de forma bela se fez presente em meu coração no Ruah. O sentimento que avivou em mim foi o de uma tempestade sendo acalmada. Não mais medo, não mais preocupação, não mais angústia, não mais vazio. O abraço do Pai me acolheu e a chama ardeu no meu peito. O Espírito Santo soprou sobre mim e eu pude confirmar novamente: ‘Sim, sou membro do Corpo Místico de Cristo’. Na sutileza e doçura, Deus realizou a cura do meu interior. Foi uma experiência incrível junto aos outros jovens forania de Sant’Ana”, destaca Rhuan Campideli Borges, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Ijaci.

Colaboração: Juliano Henrique | Seminarista