Igreja celebra a festa de Nossa Senhora da Piedade

A Igreja celebra hoje a festa de Nossa Senhora da Piedade (em alguns lugares, a devoção a Nossa Senhora das Dores). A veneração à Maria com tal título é inspirada na grande dor da mãe aos pés da Cruz do Filho. Uma cena comovente e que provoca grandes reflexões.

A invocação ao título mariano teve início no século 12. Após expansão, em 1482, o Papa Sixto IV, mandou preparar uma Missa intitulada de “Nossa Senhora da Piedade” para ser introduzida no Missal e, em 1727, o Papa Bento XIII inscreveu no Calendário romano a festa das “Sete Dores da Bem-aventurada Virgem Maria”.

Em Minas Gerais, a devoção a Nossa Senhora da Piedade tem quase 300 anos. Maria, a partir do título de Nossa Senhora da Piedade, foi reconhecida padroeira dos mineiros por São João XXIII, papa da igreja. A solenidade de consagração do Estado a Nossa Senhora da Piedade foi celebrada no dia 31 de julho de 1960.

Pela manhã o bispo de São João del-Rei, Dom José Eudes Campos do Nascimento, presidiu uma missa no Santuário Nossa Senhora da Piedade, na sua cidade natal, Barbacena. O rito da celebração foi uma forma de agradecimento pelos seus 9 anos de Episcopado.

No território da Diocese, a data será de festa na cidade de Piedade do Rio Grande e Dores de Campos. Já na cidade histórica, a Capela de Nossa Senhora da Piedade ficará aberta de 8h às 18h para a visitação do fiéis.

26 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).