Intitulada “Vem e verás”, Papa Francisco divulga mensagem para o Dia Mundial das Comunicações

O Vaticano divulgou neste sábado, 23 de janeiro, véspera da memória de São Francisco de Sales, patrono dos jornalistas, a mensagem do Papa Francisco para o 55º Dia Mundial das Comunicações Sociais. No texto, o Santo padre fala de temas da atualidade, como as vacinas contra a covid 19, convoca os comunicadores a irem e ver os fatos para contar a verdade da vida.

O Pontífice recorda que “vem e verás” foi a forma como a fé cristã se comunicou, começando pelos primeiros encontros nas margens do rio Jordão e do lago da Galileia. Aos primeiros discípulos que o quiseram conhecer, depois do seu batismo no rio Jordão, Jesus respondeu: «Vinde e vereis» (Jo 1, 39), convidando-os a viver em relação com ele. O mesmo diz Filipe a Natanael.

A fé cristã começa desta forma e assim é comunicada: “com um conhecimento direto, nascido da experiência, e não por ouvir dizer”, diz o Papa, algo muito atual nos tempos da informação nos grupos de Whatsapp.

No texto, o Pontífice também falou do risco das informações não verificadas e manipuladas que circulam facilmente nas redes sociais. Frente ao fenômeno, Francisco afirma ser importante “uma tal consciência crítica seja quando se difundem seja quando se recebem conteúdos”.

Um trecho da mensagem diz que a “a crise editorial corre o risco de levar a uma informação construída nas redações, diante do computador, nos terminais das agências, nas redes sociais, sem nunca sair à rua, sem ‘gastar a sola dos sapatos’, sem encontrar pessoas para procurar histórias ou verificar com os próprios olhos determinadas situações”.

Em outro trecho, o Papa agradece os jornalistas e fala sobre a importância de seu trabalho: “Temos que agradecer à coragem e determinação de tantos profissionais (jornalistas, operadores de câmeras, editores, cineastas que trabalham muitas vezes sob grandes riscos), se hoje conhecemos, por exemplo, a difícil condição das minorias perseguidas em várias partes do mundo, se muitos abusos e injustiças contra os pobres e contra a criação foram denunciados, se muitas guerras esquecidas foram noticiadas. Seria uma perda não só para a informação, mas também para toda a sociedade e para a democracia, se faltassem estas vozes: um empobrecimento para a nossa humanidade”, escreveu.

O 55º Dia Mundial das Comunicações será celebrado em 16 de maio. Conheça a mensagem na íntegra:

Mensagem para o 55º Dia Mundial das Comunicações Sociais

Fonte: CNBB