Meninos do Coração de Jesus preservam tradição do desagravo no mês de junho

A Igreja dedica o mês de junho ao Sagrado Coração de Jesus. Esta devoção é apresentada na Escritura como símbolo do amor de Deus. “No Calvário o soldado abriu o lado de Cristo com a lança” (João 19,34). Jesus é a Encarnação viva do Amor de Deus, e seu Coração é o símbolo desse Amor. Por isso, encerrando uma conjunto de grandes Festas (Páscoa, Ascensão, Pentecostes, Santíssima Trindade, Corpus Christi), a liturgia leva a contemplar o Coração de Jesus.

Na Diocese de São João del-Rei, muitas paróquias vem realizando diversos momentos de orações e homenagens. Na Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima, da cidade de Barroso, um grupo formado por meninos de 4 à 13 anos vem evangelizando crianças e adolescentes há mais de 15 anos, os Meninos do Coração de Jesus.

O grupo realiza durante o mês de junho o desagravo da imagem do Sagrado Coração de Jesus, um ato que ilustra uma reparação da ofensa sofrida em sua paixão e morte de cruz. O rito consiste na retirada da coroa de espinhos e na colocação da coroa dourada (ou de flores) como forma de reconhece-lo como Rei do Universo.

Segundo a coordenadora, Adriana Mazzoni, o objetivo é despertar a devoção ao Sagrado Coração de Jesus desde a infância, para que, quando crescer, o menino possa trilhar caminhos que se assimilam aos ensinamentos de Deus. “A ideia é mostrar para eles a importância da fé e a certeza da presença de Cristo em nossa vida. A gente está vivendo um momento difícil e precisamos nos apoiar em Deus e isso precisa ser incentivado. Durante o mês de junho a imagem do Sagrado Coração de Jesus visita as casas dos integrantes do grupo, como uma forma de incentivar a fé dos pequenos, além de todo o trabalho ter o incentivo das famílias”, explica.