Missa das Mãos Ensanguentadas de Jesus reúne fiéis em Barroso

A missa é o ato solene no qual se celebra o sacrifício de Jesus Cristo na cruz e Sua ressurreição. Quando o ato reforça a devoção ao Sangue de Jesus ela não deixa de ser diferente. São muitos os devotos que acompanham a celebração pela Rede Século 21 e que marcaram presença na Missa Itinerante, realizada na noite de quarta-feira, 06, na matriz de Sant’Ana, em Barroso. Padre Claudir Trindade, pároco da igreja matriz, também presidiu a celebração.

Segundo Denilson Silva, a celebração foi muito linda e emocionante. “Foi uma noite de muitas bênçãos e milagres, na qual o povo barrosense se mostrou mais forte na fé e na devoção as Mãos Ensanguentadas de Jesus”, explica.

Devoção as Mãos Ensanguentadas de Jesus

O Sangue que Jesus derramou na cruz enquanto passava por seus terríveis sofrimentos e morte foi o preço que Ele pagou para a salvação de todos os seres humanos de todos os tempos.

Suas mãos só faziam o bem. Quando Ele as impunha sobre os enfermos, estes ficavam curados imediatamente. Quando Ele as estendeu sobre o mar revolto, o mar se acalmou. Através de suas mãos benditas, Jesus abençoou as crianças e a todos os que lhe pediam que abençoasse.

Das mãos de Jesus Cristo, só saíram o amor, o bem, a paz, a cura, a felicidade, a esperança e o poder de Deus. Porém, estas mesmas mãos benditas foram cruelmente pregadas na Cruz. E suas mãos benditas e puras, ficaram ensanguentadas.

De suas mãos jorrou o Sangue de nossa Redenção. Sangue que, através dessa piedosa novena, o fiel pode clamar para sua vida. Suplicando o poder das Mãos Ensanguentadas do Senhor Jesus, o mal se afasta de nossa vida, somos curados e libertados, e muitas bênçãos poderão acontecer na vida do fiel e de seus familiares.

Fotografias: Pascom Sant’Ana, Barroso

24 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).