Missa do Crisma tem data marcada e será com participação restrita

Consagrar os santos óleos e renovar as promessas sacerdotais. Devido ao isolamento social e as demais formas de prevenção ao Coronavírus a celebração da Missa do Crisma (ou da Unidade), que não foi realizada no período da Semana Santa, será celebrada no sábado, 15 de maio, de uma forma íntima, na Catedral Basílica Nossa Senhora do Pilar, reunindo apenas padres, diáconos, religiosos e seminaristas.

Este é o segundo ano que a importante celebração será realizada próximo a Solenidade de Pentecostes. Durante a celebração, o bispo abençoa os três óleos (Batismo, Crisma e Unção dos Enfermos) que são utilizados durante todo ano litúrgico. O óleo santo consiste em uma mistura de azeite extra virgem comum e essências de perfumes, sendo que cada uma das três fragrâncias são diferentes.

A celebração vai ter início às 09h30, na Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar, e será transmitida pelas mídias sociais da Catedral (YouTube e Facebook), além do site da diocese.