Monsenhor Waldyr completa 95 anos nesta quarta-feira, 27

Foi em clima de festa e  alegria que a comunidade luminarense se reuniu na manhã da última terça-feira, 26, na igreja matriz de Nossa Senhora do Carmo, para uma celebração especial e histórica, o aniversário de seu pároco emérito, Monsenhor Waldyr Henrique Mancini. O sacerdote, decano dos padres da Diocese de São João del Rei, ou seja, o mais longevo de todos, celebrou seus 95 anos de idade. Amparado pelo amigo, Padre Thairo Guimarães Mesquita, atual administrador paroquial, Monsenhor Waldyr ainda celebra missas e auxilia nos trabalhos pastorais da paróquia.

Nascido em Três Corações, no sul de Minas, em 27 de setembro de 1928, o pequeno Waldyr, desde muito pequeno já demonstrava seu carinho e amor pela igreja. Foi coroinha de Monsenhor Fonseca, que o encaminhou, quando tinha 13 anos, para o seminário de Campanha e posteriormente para o seminário de Mariana. O jovem rapaz que amava aviões, foi ordenado padre pelas mãos de Dom Inocêncio Engelk, em 08 de dezembro de 1956.

O sacerdote participou do processo de criação e instalação da Diocese de São João del-Rei. Sempre atento às mudanças do mundo e firme nas regras da Igreja, sem abrir mão das tradições, Padre Waldyr, em todo esse tempo presente em Luminárias e região, foi um grande nome na defesa do progresso, da cultura e da educação. Ajudou a fundar a Escola Estadual Professor Fábregas, participou da inauguração da Usina Hidrelétrica João Frazem de Lima, que por mais de 20 anos gerou energia para Luminárias e Ingaí e trabalhou incansavelmente para a criação da Paróquia de Ingaí, sempre presente, auxiliando os padres que por lá passaram.

Participou da construção da primeira estrada que ligava diretamente Lavras, Ingaí e Luminárias, acompanhando de perto a inauguração do tão sonhado asfalto. Realizou inúmeras obras sociais e religiosas que sempre deram assistência e amparo à população, assim como liderou, também, a construção das diversas capelas rurais dessas duas cidades. O tempo passou e em 2003, Padre Waldyr recebeu do Papa o título de Monsenhor. Três anos depois era comemorado seu jubileu áureo sacerdotal.

Missa comemorativa

A missa de aniversário do Monsenhor Waldyr foi presidida pelo bispo diocesano de São João del Rei, Dom José Eudes Campos do Nascimento, e concelebrada pelos padres da forania de Nossa Senhora de Nazaré e por outros do clero diocesano. Durante a homilia, Dom José Eudes destacou os inúmeros trabalhos e exemplos prestados pelo Monsenhor ao longo dos anos. Em seguida o bispo direcionou a palavra aos padres que quisessem se manifestar quanto às lembranças vivenciadas com o Monsenhor. Foram várias as manifestações dos colegas de clero ao sábio Monsenhor Waldyr, sempre destacando o carisma, a acolhida, o dom de receber as pessoas em sua casa com o coração aberto e sorriso no rosto.

Enalteceram também sua disponibilidade, nos anos passados, que Padre Waldyr tinha em receber os seminaristas, para formações, assim como o trabalho em favor da organização da Diocese de São João, em seus primeiros anos de existência. O esforço e ligação com o povo luminarense também foi mencionado, nas palavras de Padre Bittar, “Monsenhor Waldyr é um padre que tem o cheiro de seu povo.”

Em seguida os alunos e funcionários da Escola Estadual Professor Fábregas, educandário local fundado por esforços inolvidáveis do Padre Waldyr, na década de 1960, prestaram-lhe uma singela homenagem. Também o atual prefeito de Luminárias, Écio Carvalho Rezende, que foi batizado quando ainda bebê pelo Monsenhor, dirigiu-lhe palavras agradecimentos.

Ao final da celebração, toda a comunidade parabenizou Monsenhor Waldyr por esta data comemorativa. Houve um momento de confraternização social em comemoração.

Mensagem da Comunidade

“Como retribuirei ao Senhor por tudo aquilo que ele me fez? Erguerei o cálice da salvação, invocando o nome do Senhor.” (Sl 115, 12-14) Este lema, do livro dos Salmos, tem acompanhado o sacerdócio e a vida do sacerdote Waldyr desde sua ordenação, em 08 de dezembro de 1956. Mas, hoje, por empréstimo, nós, enquanto paróquia, enquanto comunidade, certamente podemos entoá-lo ao lado do monsenhor, em uma única voz de ação de graças por sua vida, sacerdócio e ministério em nosso meio.

Monsenhor Waldyr pode ser definido em quatro adjetivos, quatro grandes pilares que constituíram seu ministério, seu trabalho e sua presença em Luminárias: o primeiro é a FÉ. A fé que o jovem padre recém- ordenado teve, ao aceitar o ministério em uma cidade distante da sua, cidade recém-emancipada, com poucos recursos, mas guiada por uma extrema devoção à Senhora do Carmo, aquela que viria a ser o seu sustento nas horas mais difíceis. O segundo adjetivo, a PERSEVERANÇA: em meio às mudanças pelas quais a Igreja e o Mundo passaram nesses quase setenta anos de sacerdócio, Monsenhor perseverou. Foi firme, sustentou seus ideais, suas crenças e seus sonhos, que o guiaram desde jovem pelos caminhos da messe do Senhor. O terceiro adjetivo, o PROGRESSO: Monsenhor é sinônimo de progresso em Luminárias. Batalhou, acima de tudo por uma educação de qualidade em nosso meio, ao fundar, entre lutas, a Escola Estadual “Professor Fábregas”: durante seu tempo como educador, sempre apontou que fé e razão andam juntas e se complementam, e até hoje nos mostra, do alto de sua sabedoria, que ambas as virtudes andam juntas. A quarta qualidade: o ZELO: assim como o profeta Elias, o zelo pela casa do Senhor, pela casa de Nossa Senhora do Carmo o acompanhou durante todo esse tempo. O pastoreio com os luminarenses, o cuidado com a igreja, com a comunidade, com o povo mostram-nos o pastor zeloso, o sacerdote que assumiu sua vocação e dela fez sua meta de vida.

Poderíamos elencar inúmeras outras qualidades ao olhar para sua biografia, Monsenhor Waldyr. Mas sabendo de sua modéstia, hoje apenas queremos agradecer a Deus pela sua presença em nosso meio, parabeniza-lo e rogar para que o Senhor tenha saúde e felicidades para nos acompanhar ainda por muito tempo, como pai, pastor e amigo. Certamente, Nossa Senhora não se importará com a paródia daquela frase que marcou gerações e que é sua marca registrada em nosso meio: VIVA ELE!!!!!!!!!

Lançamento de Podcast

Durante o período da Festa da Padroeira, no mês de julho, uma gravação especial feita com o Monsenhor recitando a oração do Ângelus, ao som da Ave Maria, foi tocada nos alto-falantes da Matriz diariamente, nos horários de às 12h e às 18h. A iniciativa marcou sua sólida participação através da sua voz e muitos comentários de emoção e fé foram deixados nas redes sociais e, assim, no dia 16 de Julho, o conteúdo foi relançado na internet com imagens alusivas. 

A oração do Ângelus, então, tornou-se o primeiro episódio do podcast “À LUZ DA ORAÇÃO” que, em uma série de publicações, traz conteúdos comemorativos aos 150 anos da paróquia em formato de pequenos programas. Nesta primeira temporada as orações mais tradicionais de nossa igreja serão apresentadas pelo Monsenhor Waldyr, Padre Thairo e comunicadores de nossa comunidade. O segundo episódio foi lançado na Solenidade da Assunção de Nossa Senhora, trazendo a oração do “Lembrai-vos”, antífona mariana MEMORARE. 

Convidamos a todos a ouvirem nossos programas, acompanharem as publicações e seguirem a Paróquia no Spotify, onde, além do podcast, já é possível acessar desde 16 de julho, uma versão exclusiva do Hino Flor Mimosa, da Padroeira Nossa Senhora do Carmo. Na voz do Administrador Paroquial, Padre Thairo Guimarães Mesquita. Foi a primeira gravação local a ser lançada na plataforma que é a líder mundial de consumo de áudio com mais de 160 milhões de usuários mensais que podem acessar os conteúdos de forma gratuita ou por assinatura.

 

Colaboração: Nilton Nogueira da Silva Júnior | Saulo Biavati | Vinícius Ferreira Batista
Fotos: PASCOM Paróquia Nossa Senhora do Carmo de Luminárias.