Nazareno recorda memória do saudoso Cônego Heitor

O cemitério paroquial de Nazareno se tornou, no dia 08 de outubro, um lugar de peregrinação e acolheu centenas de devotos do virtuoso Cônego Heitor para visitar a sepultura onde se encontra os restos mortais do sacerdote que difundiu nas terras nazarenenses a devoção a Virgem Maria, Senhora de Nazaré. O Santo terço foi recitado muitas vezes durante esse dia, reforçando a crença mariana.

Segundo relatos da população, o túmulo do Cônego Heitor jorra uma água que tem valido inúmeros cristãos devotos nos momentos de dificuldades. Com seringa, algodão e agulha, muitos aproveitam a data para reforçar seus pedidos e pedir a intercessão do religioso.

A multidão, os sinos, músicas, ornamentos, preces e pregações se resumem em uma unica expressão: santidade de vida. Cônego Heitor soube realizar-se segundo o que Deus esperava dele. Cumpriu com fidelidade sua missão e tornou-se fonte de bençãos pela fé.

Fotos: Cássia Pereira, Rodrigo Augusto

24 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).