Padres e seminaristas concluem com missa a peregrinação à Aparecida/SP

Concluindo a peregrinação do Seminário São Tiago à Aparecida, padres e seminaristas se reuniram na Basílica Histórica de Nossa Senhora Aparecida para a celebração da Santa Missa, na manhã desta terça-feira, 06. A Eucaristia foi presidida pelo reitor da casa de Teologia e Filosofia do Seminário, Padre Javé Domingos.

Com autorização do Padre Carlos Eduardo Catalfo, reitor do Santuário, a cerimônia foi realizada em Ação de graças pelo aniversário de 60 anos de criação do Seminário São Tiago. Além do celebrante, a missa contou ainda, com a presença do reitor do Seminário Propedêutico, Padre Elissandro Carvalho, do Vigário Geral da Diocese, Monsenhor Geraldo Magela da Silva, do neo-sacerdote e vigário paroquial de São Sebastião, da cidade de Lavras, Padre Daniel Josino, e dos 17 seminaristas ingressados na instituição.

Em sua homilia, meditando o Evangelho de Lucas, Padre Javé falou sobre o chamado dos Apóstolos e o seguimento do mestre. Refletindo sobre a Primeira Carta aos Coríntios, o sacerdote pontuou aquilo que deve ser banido da comunidade dos seguidores, exortando os seminaristas a serem perseverantes em sua vocação.

“A experiência de vir ao Santuário Nacional de Aparecida para comemorar e agradecer os 60 anos do Seminário São Tiago é sempre marcante para mim. Marcante pois é uma oportunidade de renovar a consagração à Nossa Senhora. Ela quem sempre me guarda e intercede por mim, e sempre me aponta aquele que é o centro: Jesus Cristo. Estar aos pés da Mãe Aparecida é sempre uma graça e privilégio, uma vez que se torna um momento propício para agradecer e pedir por aqueles que me pediram orações, e também, perseverança e luz na caminhada”, pontua o seminarista Lucas de Freitas, do Propedêutico.

A romaria do Seminário São Tiago à Aparecida se dá pela celebração dos 60 anos da Intuição. O Seminário foi criado em 29 de abril de 1962, por ato de Dom Delfim Ribeiro Guedes. Com o lema “Christum ferent” (Levarão Cristo) gravado no brasão, a instituição busca mostrar que ali os jovens encontrarão a paz e a pureza vivendo debaixo da proteção maternal de Nossa Senhora do Pilar e onde se formarão, no zelo do Apóstolo São Tiago, como futuros portadores de Cristo.

Colaboração: Seminarista Olímpio | Etapa do Discipulado