Padroeira da diocese recebe homenagens em São João del-Rei

A diocese de São João del-Rei esteve em festa no último sábado, 12, celebrando a padroeira, Nossa Senhora do Pilar. Segundo a tradição espanhola, umas das primeiras aparições de Nossa Senhora se deu ao apóstolo Tiago, quando este evangelizava a Espanha. Maria, que vivia em Éfeso, estava presente em Saragoça, para animar o apóstolo na evangelização. A Virgem do Pilar é invocada como refúgio dos pecadores e consoladora dos aflitos.

Tamanha devoção chegou ao Brasil em 1690 e está presente até hoje em cidades do interior do Rio de Janeiro e Minas Gerais, como São João del-Rei, que a aclama como padroeira.

Durante todo o dia centenas de fiéis se dirigiram a Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar para fazerem suas preces e agradecimentos à Mãe de Jesus. Após a última missa, os fiéis saíram em procissão pelas ruas do centro histórico da cidade.

Durante o trajeto, muitas manifestações de carinho a Maria. Chuvas de pétalas e tapetes de areia multicolorida foram alguns dos recursos utilizados. “Contamos com cerca de 15 jovens para pegar a serragem doada por uma serraria da cidade, pintá-la e confeccionar o tapete. Esta forma de prestar homenagem à nossa padroeira já se tornou uma tradição para o nosso grupo, uma vez que a realizamos há 7 anos, se tornando a nossa marca registrada na paróquia e na cidade de São João del-Rei. É um momento dos jovens mostrarem a fé por nossa padroeira e que estão ativos na vida da Igreja”, explica Ana Cristina, do grupo Junfec.

Na chegada da procissão houve o canto solene do Te Deum laudamus e Benção do Santíssimo Sacramento.

Fotos: Marcos Luan

24 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).