Papa Francisco pede oração e agradece pelas religiosas e consagradas

Na intenção de oração deste mês de fevereiro, o Papa Francisco pede para rezar de maneira especial pelas religiosas e consagradas. A temática vem inspirada da celebração do 26º Dia Mundial da Vida Consagrada, nesta quarta-feira, dia 2 de fevereiro. Uma data que deve ser festejada por sua história e importância.

Na mensagem de vídeo, divulgada nesta terça-feira, o Pontífice é contundente: “O que seria da Igreja sem as religiosas e as leigas consagradas? Não se pode compreender a Igreja sem elas”. Segundo as estatísticas publicadas pela Agência Fides em 2021, existem mais de 630 mil religiosas no mundo.

Encorajo todas as consagradas a discernir e a escolher o que convém para a sua missão diante dos desafios do mundo em que vivemos. Exorto-as a continuar trabalhando especialmente junto dos pobres, dos marginalizados, de todos os que estão escravizados pelos traficantes; peço-vos especificamente que atuem sobre estes problemas.

O Vídeo do Papa deste mês relata o compromisso das religiosas e consagradas no meio dos povos indígenas, ao lado dos meninos de rua, nos vilarejos onde faltam alimentos e medicamentos, entre migrantes, marginalizados e desempregados, junto às vítimas do tráfico. Não esquecendo sua grande contribuição intelectual e civil: há religiosas e consagradas lecionando em universidades, participando de cúpulas internacionais sobre o meio ambiente e atuando para mediar crises políticas.

A seguir, Francisco convida as religiosas e consagradas a continuarem mostrando a “beleza do amor e da compaixão de Deus como catequistas, teólogas, acompanhantes espirituais”.

Convido-as a lutar quando, em alguns casos, são tratadas injustamente, mesmo dentro da Igreja; quando o seu serviço, que é tão grande, é reduzido à servidão. E às vezes por homens da Igreja. Não desanimem. Continuem dando a conhecer a bondade de Deus através das obras apostólicas que fazem. Mas sobretudo, através do testemunho da consagração.

O Papa convida a rezar “pelas mulheres religiosas e consagradas, agradecendo-lhes a sua missão e a sua coragem, para que continuem encontrando novas respostas aos desafios do nosso tempo”. “Obrigado por quem são, pelo que fazem e pelo modo como o fazem”, conclui Francisco.

Segundo o coordenador do núcleo da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) da Diocese de São João del-Rei, Frei Arlaton Luiz, o Dia Mundial da Vida Religiosa Consagrada foi estabelecido pelo Papa João Paulo II para ser “uma recordação à toda Igreja da identidade e da missão de todo aquele e aquela que entregam suas vidas a Deus sumamente amado e ao seu Reino. Daí sua importância de ser celebrada no dia da Festa da Apresentação do Senhor. Como Cristo os consagrados se doam totalmente nas mãos de Deus para serem instrumentos de seu amor no mundo”.

Na Diocese , atualmente, se encontram 10 congregações presentes nos trabalhos pastorais e sociais nas comunidades. São eles: Franciscanos, Carmelitas da Divina Providência, Carmelitas Contemplativas, Irmãs de Nossa Senhora da Piedade, Filhas de São Camilo de Lellis (Camilianas), Irmãs Mercedárias da Caridade, Frades Franciscanos Conventuais, padres Salesianos, Irmãs Filhas de Maria Auxiliadora e Padres do Sagrado Coração de Jesus (Dehonianos).

Informações: www.vaticannews.va

27 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).