Para o dia do cantor, Padre Zezinho fala sobre sua carreira e a importância da profissão no ramo religioso

Quem nunca cantou debaixo do chuveiro? Quando se está feliz, é o que milhares de pessoas costumam fazer. Mas há um grande número de pessoas que o fazem não somente por prazer, mas por encontrar nessa arte seu estilo de vida e, até mesmo uma oportunidade para evangelizar.

Peça fundamental em uma canção, o cantor tem seu dia celebrado na próxima quarta-feira, 13 de julho.  Tal comemoração merece atenção, prestígio e respeito, afinal, são muitos que dedicam seu dom musical para as obras de Deus e as utilizam para propagar o amor pregado por Cristo.

Para marcar essa data, o repórter do Departamento Diocesano de Comunicação (Dedicom), Lucas Silveira, entrevistou o pioneiro na música católica brasileira, padre José Fernandes de Oliveira, ou melhor,  padre Zezinho.

No vídeo, o sacerdote dehoniano fala sobre o início da carreira, desafios e importância da profissão no ramo religioso. Padre Zezinho aproveitou também para saudar o bispo, Dom Célio, e toda a Diocese.

Além do show e da entrevista exclusiva, o vídeo conta com uma apresentação informal do sacerdote na Fazenda do Senhor Jesus (conhecida como Fazendinha do Padre Israel), em Lavras, quando realizou uma visita em 2011.

Sem dúvida, um exemplo a ser seguido!

24 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).