Paróquia celebra “Perdão de Assis” com tríduo, confissões e missas

Na próxima segunda-feira, 02, a igreja celebra o dia do “Perdão de Assis”, na Festa de Nossa Senhora dos Anjos, também conhecida como “Porciúncula”. Essa é uma das datas mais importantes para a Família Franciscana e todos os fiéis que têm especial afeição pelo santo italiano. Nessa data (das 12h do dia 1º até as 24h do dia 2), pode-se obter a Indulgência Plenária, com as habituais condições. Na Paróquia São Francisco de Assis, em São João del-Rei, a programação vai contar com tríduo preparatório, atendimentos de confissões e missas.

Um perdão que continua a “gerar Paraíso”: foi assim que o Papa Francisco, durante sua visita a Assis há cinco anos, falou da graça que o frade de Assis havia pedido “para todos, para um mundo que ainda hoje precisa de misericórdia, e para que possamos ser seus instrumentos” e “sinais de perdão”. A festa do Perdão de Assis está intimamente ligada à Porciúncula, a pequena igrejinha reconstruída por São Francisco e que hoje está no interior da Basílica de Santa Maria dos Anjos, em Assis, cidade italiana da região da Úmbria.

O que é Perdão?

Para obter a Indulgência Plenária para si mesmo ou para familiares que faleceram, atravessando o limiar da Porciúncula, é necessário fazer a confissão, participar da Missa e da Eucaristia, renovar a profissão de fé recitando o Credo e Pai Nosso, e por fim a oração segundo as intenções do Papa e pelo Pontífice. Foi exatamente na Porciúncula, que São Francisco de Assis teve a inspiração divina de pedir indulgência ao Papa Honório III e em 2 de agosto de 1216, diante de uma grande multidão, o frade, na presença dos bispos da Úmbria, promulgou o Grande Perdão, para cada ano.

E ainda hoje a Porciúncula é uma “porta sempre aberta” para aqueles que querem se valer da graça de Deus através do Sacramento da Reconciliação.

Saiba mais:

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DOS ANJOS.

Ó Nossa Senhora, dos Anjos, na pequena Igreja da Porciúncula,

São Francisco recebeu as vossas bênçãos generosas juntamente com sua Ordem. Ele depositara na vossa presença materna uma grande confiança e devoção, sendo atendido em seus pedidos. Continuai a dispensar os vossos favores sobre nós e sobre nossas necessidades particulares.

Nós vos suplicamos, dai-nos a graça da penitência e de Deus o perdão dos pecados, a correção de nossas más inclinações e fortalecimento nos momentos de fraqueza. Quantos recusam a salvação e preferem caminhar nas trevas do erro! Tudo é possível para aquele que crer, para aquele que se arrepender!

Vós, ó Mãe, manifestastes a São Francisco o grande desejo de reconciliar os pecadores com Jesus, que se entregou em uma cruz para nos salvar. Rogai por nós, agora e na hora de nossa morte. Por isso, com todos os anjos do céu, vos saudamos: Ave Maria …

26 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).