Paróquia lança infográfico apresentando as mudanças da nova tradução do Missal Romano

Recentemente, foi publicada a nova edição do Missal Romano. O livro, composto pelos textos utilizados na celebração das missas, apresenta a nova tradução dos rituais utilizados pela Igreja Católica para as celebrações eucarísticas. Oficialmente, os textos entrarão em vigor no próximo dia 03 de dezembro, primeiro domingo do Advento e início de um novo Ano Litúrgico.

Na liturgia da Igreja, o Missal Romano é o segundo livro litúrgico mais importante. Nele, estão as orações e orientações para as celebrações eucarísticas. O Evangeliário, que traz os textos do Evangelho, é o livro mais importante nos ritos da Igreja.

A tradução brasileira desta terceira edição do Missal Romano levou 19 anos de trabalho. A jornada começou após a promulgação, em 2002, pelo Papa São João Paulo II, da nova edição típica. Desde então, foram anos de intenso trabalho de tradução, revisão e aprovação do conteúdo do Missal, coordenados pela Comissão Episcopal para os Textos Litúrgicos (Cetel).

A terceira edição típica do Missal Romano foi aprovada pelos bispos na 59ª Assembleia Geral da CNBB e encaminhada ao Dicastério para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos em dezembro de 2022. A confirmação da Santa Sé foi publicada no dia 17 de março deste ano.

Para facilitar o aprendizado e inteirar os fiéis sobre as principais mudanças da nova tradução, a Paróquia de Santo Antônio da Sá, da Arquidiocese Diamantina, produziu infográfico didático. O material foi elaborado e projetado pelo são-joanense e professor, Everton Luiz de Paula, com a revisão do Padre Tadeu do Rosário Pereira.