Pastoral do Sopão recebe jovens de Boa Esperança e reafirma seu trabalho evangelizador

Imagem ilustrativa / Internet

A Pastoral do Sopão, da Paróquia Sant’Ana, em Lavras, é um grande exemplos de ação evangelizadora, assim como Jesus pediu no evangelho do último domingo, 18. Um trabalho feito com amor e carinho que repercute em toda a região. E como todo trabalho social, quanto mais ajudantes melhor. Por isso, foi com alegria que a Pastoral recebeu a visita de 39 jovens do Colégio Padre Júlio, de Boa Esperança. Tem coisa melhor que aquecer os corações neste frio da estação?

Coordenados pelo professor de Sociologia, Eduardo, e pela aluna Ana Carolina, a visita teve como objetivo a busca pelo conhecimento da Pastoral, através de subsídios para trabalhos escolares desenvolvidos na disciplina. A eles, foi ministrado uma palestra sobre as funcionalidades e atuação.

Segundo o coordenador da Pastoral, Ronaldo Alves, o trabalho da pastoral é pautado nas diretrizes trazidas pelo Padre Cristiano Assis, pároco, e Padre Carlinhos. Tudo, com a intercessão de São Francisco de Assis. “O nosso (trabalho) é um modelo de humildade e amor ao próximo. Ajuda material e espiritual, como nos pede o Papa Francisco. Estar a serviço perante os desafios da humanidade, com solidariedade aos mais frágeis, convidando os cristãos a agir com caridade. Nós ajudamos os moradores de rua, pais desempregados, mães solteiras e viúvas, doentes acamados, famílias e muitas crianças que necessitam de nossos auxílios. Levamos a Palavra de Deus, doando atenção, carinho, alegria, conforto, esperança e amor. Realizamos nosso trabalho em comunidades carentes de nossa cidade e nas ruas, onde encontramos pessoas que estão necessitadas”, explica.

Para saber mais sobre os trabalhos da Pastoral e também poder contribuir com donativos, entre em contato com a Pastoral do Sopão ou com a Secretaria Paroquial pelo (35)3826-6600.

Colaboração e fotografias de Cláudio Elias / Pascom Sant’Ana

25 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).