Presépio de dez metros encanta são-joanenses no período do Natal

Representar presépios é um costume que começou há muito tempo na história. Revestido de um significado profundo, que remete ao projeto de Deus para humanidade por meio do seu Filho Jesus, o presépio como uma saudável Tradição Cristã deve levar os fiéis a uma experiência do amor de Deus, do desapego, da fraternidade e da paz.

Quem frequenta as igrejas da região já conseguem apreciar a montagem ou a conclusão das peças dos presépios de Natal.  Anjos, pastores, magos e diversos animaizinhos já estão  “a postos”  para a vinda do Messias. Na igreja Senhor Bom Jesus do Bonfim a arte ganhou cerce de 10 metros. “Sempre quis montar um pedacinho de Belém na comunidade. Mostrar uma cidade pequena, pobre, mas cheia de detalhes”, explica Ronald Lellis, idealizador do projeto.

Foram cinco dias de montagem e três meses de preparação. Papeis pintados, fontes de água, plantas diversas. Uma beleza incalculável que envolve a imaginação dos fiéis. “É muito bom ver o trabalho finalizado, mas o período de preparação foi fundamental. Um ajudando o outro. Um trabalho em comunidade”, conclui Thiago Soares.

Assim como no Bonfim, outras igrejas também preparam seus presépios para mostrar, através de imagens, o verdadeiro significado do Natal.

27 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).