Programação de Corpus Christi vai unir paróquias em ato de fé e solidariedade

A Igreja celebra nesta quinta-feira, 11, o Mistério da Eucaristia através da festa de Corpus Christi. Jesus com seu gesto simples se faz presente em um pedaço de Pão e Vinho, deixando a grande mensagem que ele está presente em todos momentos da vida humana. Com origem no século 13, a solenidade ocorre 60 dias após a Páscoa. Neste ano, por causa da pandemia, a data será celebrada de uma forma diferente nas paróquias da Diocese, reforçando a fé e incentivando a partilha e solidariedade

Segundo o Assessor Diocesano dos Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística, padre Rodrigo Coimbra Ladeira, a transubstanciação da Eucaristia acontece na consagração do pão e do vinho. “É quando se dá a mudança de toda a substância do pão na substância do corpo de Cristo, e de toda a substância do vinho na substância de seu sangue. A aparência, o gosto, o peso, o formato, tudo é de pão e vinho, mas a substancia é o próprio Jesus, corpo, sangue, alma e divindade”.

Ele também explica que a a Eucaristia é o centro de toda a vida e de todo o culto cristão. “É vontade de Deus que todos os homens tenham alimento para o sustento do corpo e busquem no Pão do Céu o alimento espiritual. Alimento este para reforçar a vida de todos que buscam viver aceitando a vontade do Senhor, que caminham se esforçando para se tornar uma pessoa melhor e assim ajudam a construir o Reino dos Céus aqui na terra Fazendo o bem”, explica.

A festa durante a pandemia

Neste ano, considerando a situação da pandemia do COVID-19, o bispo diocesano de São João del-Rei, Dom José Eudes Campos do Nascimento, emitiu um comunicado com as orientações orientações a respeito da Solenidade de Corpus Christi na região.

Segundo o documento, publicado em 26 de maio, cada paróquia deve realizar a celebração da Santa Missa, sem participação do povo e transmitida pelas mídias sociais. Já a procissão do Santíssimo, ato integrante da liturgia da solenidade, será realizada através de uma procissão motorizada, uma em cada cidade. Na chegada da procissão, no interior de cada igreja, será dada a Bênção com o Santíssimo Sacramento.

Além de reforçar a fé a celebração também visa estimular os fiéis na prática solidária em um gesto caritativo de doações de alimentos e materiais de limpeza e higiene. A arrecadação será feita durante o trajeto pelos integrantes dos grupos juvenis de cada paróquia.

Em São João del-Rei o trajeto terá início às 08 horas, saindo da Catedral Basílica Nossa Senhora do Pilar. O trajeto conta com mais de 100 ruas e avenidas  da cidade. Veja:

procure sua paróquia e veja o trajeto de sua cidade

25 anos. Natural de São João del-Rei. Secretário de Comunicação da Diocese de São João del-Rei, trabalhando no DEDICOM (Departamento Diocesano de Comunicação). Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).