Carrancas acolhe encontro de padres com até 15 anos de ministério

Um momento de oração e partilha marcou o Encontro Diocesano de Presbíteros, para padres com até 15 anos de Ministério. O evento aconteceu nesta quarta-feira, 13, na cidade de Carrancas e reuniu 15 padres diocesanos e 1 religioso franciscano. A programação contou, ainda, com café da manhã, almoço e visita as cachoeiras.

Segundo o anfitrião, Padre Lucas Alerson de Sousa, o momento foi de grande alegria. “Tivemos um dia de muita reflexão e confraternização. Momentos assim são especiais para nossa caminhada presbiteral, para reafirmarmos nossa pertença e comunhão com o clero diocesano e religioso”.

Padre Ronan Jesus da Costa Silva era o mais recente ordenado do grupo. O jovem recebeu o sacramento da ordem no dia 18 de março. Para o sacerdote, uma grande oportunidade para a caminhada presbiteral. “Tivemos a grande satisfação de nos reunirmos neste dia para partilhar as alegrias e dificuldades do ministério presbiteral. Para mim, que estou no início de minha caminhada, foi um momento oportuno para estreitar os laços fraternos com os presbíteros de minha faixa etária, partilhar experiências e fortalecer a importância da pastoral presbiteral. O início do ministério é permeado de inseguranças e desafios, mas amparados pelos irmãos presbíteros, temos a oportunidade de reafirmar o dom da vocação”.

O padre é um homem ligado ao sagrado. Munido pelo poder recebido no sacramento da Ordem, ele torna-se ministro e servidor das coisas que se referem a Deus para o bem das pessoas. É a expressão de uma convocação particular para uma missão específica a serviço do Povo de Deus. A vocação presbiteral não é mérito pessoal, mas escolha do Senhor: “Não fostes vós que me escolhestes, mas eu é que vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais fruto” (Jo 15,16).